quinta-feira, dezembro 24, 2015

NADA PRA FALAR, MUITO PRA DIZER: Pétalas [Comic Review]




Quanto mais universal é uma idéia, mais facilmente ela pode ser transmitida para outros. E há certas idéias e conceitos que são comuns a todos os povos deste planeta (talvez em outros também, muito provavelmente). E que melhor mensagem pra se passar adiante, especialmente nesta época caótica, do que ser generoso para com o próximo?

É sobre isso que Pétalas trata, sem dizer uma só palavra: Generosidade.

terça-feira, dezembro 08, 2015

ROCAMBOLESCO! Le Chevalier e a Exposição Universal! [Book Review]




SIM, ATÉ QUE ENFIM! O primeiro review de livro E também de material da AVEC Editora, parceira deste humilde blog em evolução constante. E eu queria MUITO fazer esse review de forma a fazer vocês se interessarem por este livro. Afinal, foi ele que me convenceu a pedir a parceria de uma editora pela primeira vez desde que criei o nobumami...e acho que vou conseguir fazer isso, pra dar mais um passo nessa nova fase. Vamos lá!

sexta-feira, outubro 09, 2015

sexta-feira, outubro 02, 2015

Sexta Sugestiva: (Quase) Toda Sonora!

SIM, É SEXTA F*CK*NG FEIRA!!! E eis umas dicas pra começar o fim de semana, coisas simples, mas que (vocês já sabem disso) valem a pena. Não é muito, mas vale OURO! E nesta semana é quase tudo podcast, mas é bom!

quarta-feira, setembro 30, 2015

DRAGÔNICO! Parceria com a Editora Draco!


Ninguém chega a nenhum lugar sozinho. É, nem mesmo eu.

Por isso, amigos e aliados são importantes. E, pra um novo nobumami, com uma nova e melhor visão da sua proposta original, novos amigos são importantes pra se chegar a um novo estágio de evolução...

terça-feira, setembro 22, 2015

[Review] Star Wars: O Esquadrão Perdido - Se tem Darth Vader, é BOM!



Teve uma época que eu gostava de Star Wars. Teve uma época que eu achava a coisa mais babaca. E hoje em dia, alguém em especial me ensinava a gostar de novo. É, talvez eu goste, no fim das contas...e eu peguei algum material pra dar uma olhada.

Esta é uma das edições fechadas da Panini com o antigo "Universo Expandido" publicado por anos pela Dark Horse Comics até a Disney assumir o material de Star Wars. Pra efeitos de cronologia (e não engessar as possibilidades para o vindouro Episódio VII), esse VASTO material NÃO É considerado canônico mais. Porém, isso não quer dizer que esse material ficou ruim, bem pelo contrário: a Dark Horse sempre tratou esse material com respeito ao que aparece, e por isso muitos fãs andam contando os trocados e fazendo malabarismos com sabres de luz de plástico no sinal pra poder comprar a luxuosa coleção da Planeta D'Agostini compilando todo esse material extra. Tem muitas histórias boas nele, e vale o investimento, se você for MUITO fã.

Já eu, como ainda sou um fã meio padawan abandonado pela Mestra e meio na dúvida, peguei um material fechado da Panini em um só volume. E foi uma boa compra mesmo; Star Wars - O Esquadrão Perdido foi um bom uso dos R$16,90 que paguei. O que me convenceu foi ver na capa o nome DELE.

Sim, de Darth Vader! O. VILÃO. MAIS. FODA. DA. HISTÓRIA. EVAH!





E sim, ele é o protagonista dessa história, que se passa pouco depois do Episódio III, uns 19 anos antes da Batalha de Yavin, ou seja, do Episódio IV, com um Anakin que recém tinha se tornado Vader, com o poder mas ainda sem a experiência que o tornou o grande ícone que conhecemos. Ainda atormentado por pesadelos sobre o que poderia ser sua vida com Padmé, ele recebe uma missão do Imperador Palpatine: encontrar e "resgatar" o almirante Garoche Tarkin, filho do Grande Moff Tarkin (sim, aquele da recente trilogia de livros) que desapareceu sem vestígios. Devido a importância e utilidade do Tarkin Sênior pro Império, Palpatine manda Vader atrás do Júnior pra "resgatar" ele...pra terra dos pés-juntos; afinal, um Tarkin enfurecido seria mais eficiente em seus avanços de conquista em nome do Império.

Junto ao Capitão Shale, indicado por Tarkin Sênior e mais dois batalhões da Divisão 501, Vader segue atrás do Tarkin Jr...

É um história bem competente. Arte OK, nada de espetacular. O argumento idem. Não rola nada assim fora do comum e esperado de um personagem como Vader. Mas é tudo feito com o capricho que a Dark Horse sempre manteve com a franquia. Mas o que foi interessante de se ver é nosso Lorde Sith favorito ainda lutando e agindo de forma um pouco mais ativa como quando era só o Anakin e antes de ser o estiloso Vader de vez. O final é um tanto previsível, mas ainda assim é algo bem competente.





Arte simpática de Renata Castelanni.
Acho que as partes que mais simpatizei foram os momentos de delírio de Vader em que ele sonha com como seria sua vida com Padmé se ele não tivesse caído pro Lado Sombrio...sabem, o que me fez começar a ODIAR Star Wars foi justamente o monte de maluquices que o Lucas fez no Episódio 1 e que seguiram pelo 2 e pelo 3. Fiquei com asco de SW a ponto que uma menção de mid-clorians (que apelidei de "partículas da PQP") e/ou Jar Jar Binks (o PIOR. COADJUVANTE. EVER.) já me tirava do sério. Mas se tem algo que eu gostei foi de ver esse lado humano (ainda que muitas vezes babaca) de Anakin e o que o fez cair e virar o Vader que tanto admiramos. Não sou dos que acha que TODO vilão funciona "humanizado" (e nem todos dão pra isso mesmo), mas pro Vader isso funcionou, mesmo o Lucas quase ferrando tudo ao tentar esse recurso...


Enfim, finalizando: Star Wars: O Esquadrão Perdido não vai mudar muito seu nível de fã de Star Wars pra cima ou pra baixo, mas é um quadrinho que funciona muito bem, pois TODO MUNDO conhece o personagem, e sabe o que esperar de uma história com ele. E esta revista entrega isso. 



Sei bem que Lorde Vader acharia minha falta de fé em Star Wars...perturbadora. Ainda mais que sou um cara que deixou o "Lado Sombrio" de lado. Mas independente disso, ainda sei apreciar um quadrinho competente. E é o que temos aqui. Uma boa leitura. Não é espetacular, mas convence.

Você pode encontrar essa revista no site da Panini, ou perdido em algumas revistarias e bancas (o meu achei na Geek da Cultura de POA). 

Ah, sim! Visitem o DeviantArt da Renata Castellani, que tem mais dessas artes legais de Star Wars pra vocês darem uma olhada, OK? Agora se me dão licença, vou procurar meu headphone...Não, não é fone de ouvido, é HEADPHONE



O nobumami tem uma página no Facebook pra você curtir e ficar por dentro dos updates, sabia?

Você pode ver atualizações do nobumami e as opiniões de Raphael Soma no Twitter e também no Medium!

E aí, o Han atira primeiro ou não? Diga abaixo o que você acha, tanto via Disqus como via Facebook!

Compartilhe o post clicando nos ícones abaixo! Isso ajuda MUITO!